Piauí Magazine


Moda na prática
dezembro 6, 2009, 4:39 pm
Filed under: Reportagem | Tags: , , ,

Texto e foto: Layanna Maiara

“Algumas coisas você só aprende na prática”. É assim que Cláudia Klein define a experiência que ela teve em um estágio que terminou recentemente. A estudante de moda cumpriu um estágio de quase seis meses e afirma que a experiência é indispensável para qualquer aluno de moda, pois é preciso “colocar em prática o que se aprende na sala de aula”.

Muitos alunos, assim como Cláudia, sabem da importância de um estágio e estão à procura de uma experiência, mas, em Teresina, o mercado de moda ainda oferece poucas vagas para estagiários.

Segundo Lena Olyver, professora do curso de moda da NOVAFAPI, há uma certa resistência dos empresários em contratar estagiários, por que esse é um tipo de suporte novo. Além disso, a maioria das empresas do setor de moda é do tipo familiar, então, é mais difícil incorporar novos funcionários no setor da criação.

Benefícios

Para os empresários, só há benefícios em contratar estagiários. Além de contar com uma mão-de-obra que está em pleno contato com a academia, a empresa tem a possibilidade de treinar esse profissional e, futuramente, incorporá-lo à empresa.

Os estudantes, através dos estágios, podem entrar em contato com o mercado, praticar a teoria aprendida em sala de aula e conseguir um futuro emprego na empresa em que estagiou.

Cláudia, que estagiou na empresa Guadalajara, afirma que o bom do estágio dela foi entender o processo de produção. Embora atuasse na parte de criação, Cláudia procurou orientações de muitas profissionais que trabalham há mais tempo no mercado e aprendeu muito com elas.

Uma crítica feita pela estudante de moda, é que, além de ser fechado, o mercado para estágio de moda não considera o estagiário como aprendiz, mas como um profissional experiente. “O estágio é uma oportunidade para o estudante aprender, mas às vezes o estagiário é tratado como se fosse um profissional experiente”.

Cláudia Klein: "o estagiário é um aprendiz"

Acompanhamento

Embora haja uma resistência, Lena Olyver afirma que os empresários da área de moda estão procurando a faculdade para procurar alunos que estejam interessados em estágios. A professora conta que 15 alunos já estão estagiando e que esses estudantes então sendo acompanhados de perto pelos coordenadores.

O acompanhamento dos estagiários é quinzenal e feito no local de trabalho. O professor visita o local de trabalho do aluno, verifica o desenvolvimento das atividades e tira as dúvidas que possam aparecer.

Quanto ao pagamento, Lena afirma que o setor de moda é bem organizado. Embora cada empresa estabeleça o valor da remuneração, todos os estagiários são remunerados. “Não há um valor padrão. Cada empresa paga conforme o seu porte e a função que o estudante exerce nas empresas”, afirma ela.

Com o crescimento do setor de moda, as oportunidades para estágios tendem a crescer.  Para Lena, os empresários já estão mais abertos a essa nova possibilidade. O importante é que os alunos se dediquem e qualifiquem para que, quando as oportunidades aparecerem, esses profissionais possam ser absorvidos pelo mercado.


1 Comentário so far
Deixe um comentário

Layanna, parabéns pela matéria. adorei.
e afirmo novamente que é fundamental fazer um estágio independente da sua área, a prática é o melhor ensinamento.
abraços!

Comentário por Cláudia Klein




Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: