Piauí Magazine


Bordados com tema da caatinga são exportados para Europa
novembro 17, 2009, 10:32 pm
Filed under: Notícias | Tags: , , , , , ,

texto e fotos: Carmem Déa

Organizadas em fundação sem fins lucrativos, cerca de 700 bordadeiras da cidade de Dom Inocêncio, município com pouco mais de 10 mil habitantes a 500 quilômetros de Teresina, aprenderam a bordar na escola e hoje exportam seus produtos para São Paulo, Santa Catarina e até para a Europa.

Bordados de Dom Inocêncio alcançam mercado nacional e internacional

Usando temas do cotidiano rural, como aves e vegetação da caatinga, os bordados são aplicados em toalhas de mesa, colchas, peças para lavabos, guardanapos, serviço americano e lençóis e rendem de R$ 180,00 a R$ 280,00 por mês.

As técnicas de trabalho das bordadeiras são tão apuradas que criaram um novo tipo de acabamento que não se percebe a costura mesmo em tecidos especiais como linho e cambraia.

Peças contam com novo tipo de acabamento

De acordo com a coordenadora da Secretaria Municipal de Educação de Dom Inocêncio, Cristiana da Mata Almeida, o acabamento das peças é perfeito. “Os bordados são aplicados em peças de linho, cânhamo e sacovê, e para nosso orgulho essa qualidade foi premiada em Congresso de Artesanato, promovido pela Unesco, organismo da ONU (Organização das Nações Unidas) para Educação e Cultura, na França”.

A Fundação Ruralista, que foi criada pelo padre Manoel Lira Parente, ex-prefeito de Dom Inocêncio, iniciou suas atividades nos anos 60, desenvolvendo projetos de bordados como aulas obrigatórias nas escolas municipais.

Rosilda Oliveira aprendeu a bordar aos 7 anos de idade e hoje é monitora da fundação

Hoje, monitora de outras bordadeiras, Rosilda de Oliveira Sousa, que borda desde os 7 anos, conta que esse não é um serviço fácil e exemplifica que para bordar uma colcha para cama são necessários dois meses. “É um prazo mínimo até para bordadeiras experientes”, afirma.


3 Comentários so far
Deixe um comentário

Como eu faço para comprar bordados com voces e revender aqui no Rio de Janeiro. Me mande por e-mail.

Comentário por deniseartesanatos

olá

Como faço para conseguir a autorização do fotógrafo para usar a imagem do bordado que consta a descrição: Peças contam com novo tipo de acabamento.
Trabalho na editora Base, realizamos livros didáticos.

aguardo retorno pelo e-mail jessica.ortiz@baseeditora.com.br

Comentário por Jéssica

Gostaria do contato de vocês para um trabalho de bordado em são paulo. email: gisela.m@uol.com.br Muito Obrigada

Comentário por gisela




Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: