Piauí Magazine


Consultora do Sebrae fala sobre o potencial de Teresina no mercado da moda
novembro 16, 2009, 1:04 pm
Filed under: Reportagem | Tags: , , , ,

texto: Rodolfo Ribeiro

Teresina é o maior pólo de confecção do Estado. Na cidade, há cerca de 416 indústrias entre micro, pequenas, médias e grandes empresas que geram aproximadamente 13 mil empregos diretos. Boa parte do setor de confecções é formado por pequena e médias empresas que fabricam modinha (malha, poliéster, microfibra), jeans, fitness (academia) e lingerie. Para falar mais sobre esse pungente setor da economia teresinense conversamos com Vanessa Alencar, consultora na Gestão do Projeto de Confecções do Sebrae para as áreas gerencial, técnica e mercadológica.


PM: Teresina começa a se projetar como um importante pólo de moda para o Estado e região. Quais os atrativos das empresas locais?

VANESSA: Sim, as empresas investem nas tendências da moda e as peças produzidas são reconhecidas pelo acabamento, ou seja, qualidade.

PM: Como pode ser analisado o setor de moda em Teresina comparando-o com vizinhos como o Ceará e Pernambuco? Somos competitivos?

VANESSA: As nossas empresas tem público diferente das empresas desses estados. As empresas que o nosso projeto atende não concorrem no mesmo mercado. um fato que nos chama atenção, é a quantidade de piauienses que compram nesses estados para revender aqui. Eles argumentam que o preço desses estados é melhor, porém o nosso produto é diferenciado, e na verdade acredito no desconhecimento das nossas marcas.

PM: Quais os principais entraves para a inserção dos produtos piauienses no mercado regional, nacional e internacional?

VANESSA: Logística.

PM: Em Teresina, o pólo de confecção é formado em grande parte por pequenas empresas que fabricam modinha e roupa íntima. Quais os desafios destes pequenos empresários e o que eles estão fazendo para se destacar num setor tão competitivo e pulverizado como este?

VANESSA:
Encontrar talentos, investindo em qualidade.

PM: Alguns empresários apontam como entraves para o crescimento a questão da mão-de-obra. O que está sendo feito no tocante a qualificação de mão-de-obra?

VANESSA: O projeto que desenvolvemos realiza mensalmente cursos de aperfeiçoamento.

PM: Qual a visibilidade que o setor de moda piauiense tem na região nordeste e no Brasil? Em caso negativo, o que está sendo feito para dar visibilidade ao setor?

VANESSA: Produtos de qualidade.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: