Piauí Magazine


Grupos de artesanato piauiense participam da maior feira de artesanato da América Latina

texto: Aline Leal || Fotos: divulgação

Entre 24 e 29 de novembro nove grupos de artesãos do litoral piauiense, com o incentivo do SEBRAE através do Projeto Artesanato do Litoral Piauiense, irão participar da maior feira de artesanato da América Latina, a Feira Nacional de Artesanato. O evento completa está na sua vigésima edição e pela sexta vez consecutiva acontecerá em Belo Horizonte, Minas Gerais. Artesãos de todos os estados brasileiros e representantes de 12 países irão expor e comercializar cerca de 50 mil itens artesanais.

artesanato

A Feira recebeu cerca de 180 mil visitantes em sua edição anterior

Na edição anterior desta feira, também conhecida por Mãos de Minas, oito artesãos do Piauí representaram sete unidades produtivas das cidades de Parnaíba, Luís Correia e Buriti dos Lopes, na região norte do Estado. Nos seis dias de feira, os artesão piauienses venderam 95% das peças levadas, o que gerou um volume de negócios de cerca de R$25 mil entre vendas imediatas e encomendas. Entre as peças expostas pelos piauienses estavam mandalas, sousplats, bolsas, tapetes, jogos americanos, caminhos de mesa,  além de outros produtos.

Expositores de todo o Brasil e de mais 21 países participaram da XIX edição, o que atraiu cerca de 180 mil pessoas que fizeram circular quase R$ 87 milhões. segundo a realizadora do evento e presidente do Instituto Centro Cape (Icape), Tânia Machado, mesmo cedo para fazer qualquer estimativa, no mínimo, os números passados serão mantidos nesta edição, para a qual os artesão piauienses estão preparando peças em trançado, cestaria, renda e bordados.

negas

Os artesãos piauienses faturaram cerca de R$25 mil em vendas imediatas e encomendas

Segundo Lúcia Carneiro, gestora do Projeto de Artesanato da Região Norte, a participação de um evento como este é uma oportunidade para estabelecer contato com novos clientes, tanto do varejo como do atacado, trocar experiências com profissionais de outros Estados e países, e participar de diversas capacitações. “Marcar presença em feiras nacionais como Mãos de Minas, Fenneart e Piauí Sampa, faz toda a diferença para o artesanato piauiense, garantindo competitividade para a produção do Estado”.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: