Piauí Magazine


Rendas do Piauí dominam o mercado da moda nacional
novembro 8, 2009, 5:21 pm
Arquivado em: Notícias | Tags: , , , , , , , ,

Texto: Laryssa Saldanha

No verão, as peças que são 100% femininos e confortáveis estão sempre em alta. Acompanhando esta tendência, as rendeiras do Piauí encontram seu espaço.

“Várias famosas já usaram nossas rendas, como a filha de Claudia Raia durante o batizado e dona Marisa (primeira dama) durante a posse do Presidente Lula no seu segundo mandato. As rendeiras de Morro da Mariana hoje são conhecidas  nacionalmente, graças a Deus. Hoje temos um prédio novo e um estacionamento em fase de conclusão”, diz Maria do Socorro Reis Galeno, presidente da Associação das rendeiras dos Morros da Mariana.

vestido1

A primeira dama, D. Marisa Letícia, usou um vestido com 1.200 flores amarelas confeccionadas pelas rendeiras do Morro da Mariana, durante posse do presidente Lula em 2007

Mais uma novidade está movimentando as rendeiras: agora suas rendas estarão associadas à belas jóias. A designer Thais França fechou uma parceria com as rendeiras para associar seu trabalho às rendas do Estado.

Os acessórios são feitos a partir de uma técnica que une metais nobres à renda de bilro do Piauí. A designer carioca é precursora neste método e fez um curso com as moradoras do Morro da Mariana, onde aprendeu a confeccionar as rendas com as comunidades piauienses que desenvolvem o trabalho.

A designer já vende seus produtos em 13 países e promete continuar levando o nome do Brasil e do Piauí para o cenário internacional. Este ano, ela foi convidada a participar da feira Who’s Next, uma das maiores do setor joalheiro do mundo. A edição 2009 do evento aconteceu em Dubai, entre os dias 11 e 13 de outubro.

0,,21856133,00

A designer carioca Thais França utliza técnica que une metais nobres à renda de bilro do Piauí

A fama das mulheres do Morro é tanta que algumas rendeiras já ministram até cursos para jovens estilistas e interessados em aprender como tecer as delicadas (e complicadas) rendas.

Um dos diferenciais apresentados pelas peças produzidas lá é o uso de linhas coloridas, porque tradicionalmente, só se usa a cor branca.




Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.